postura-gravidez

Já sabemos a importância da prática de alguma atividade durante a gestação, o que mais ouvimos das mamães é o desejo de uma gravidez saudável. Mas, algumas ainda têm dúvidas sobre o que pode ser feito nesse período, o que é recomendado ou contra indicado, afinal, errar jamais será o desejo da futura mamãe. Você conhece o Método Pilates? Ele traz consigo uma combinação de exercícios de alongamentos, fortalecimento, relaxamento, equilíbrio e respiração, além da conexão corpo-mente. É um método rodeado de benefícios capazes de auxiliar todas as mudanças fisiológicas no corpo da mulher ao longo dessas 40 semanas que estão por vir.

O aumento dos seios e da barriga que levam a dores na coluna, desvios posturais, dificuldade para respirar, desequilíbrio, cansaço nas pernas, etc. São parte das queixas que vamos encontrar nos relatos daquelas gestantes que avaliamos. E é aí onde entra o Pilates! Com responsabilidade e um acompanhamento de um instrutor capacitado para atender gestantes, conseguimos trabalhar todas as alterações encontradas no corpo e, também, na mente.

Fortalecer e alongar visando um equilíbrio muscular será a nossa meta, priorizando o bem estar físico e mental durante e após a gestação.

É importante lembrar que se faz necessária a autorização médica e, preferencialmente, que a mulher esteja com mais de 12 semanas (principalmente as que não praticavam o método antes). Além disso, a ideia será tratar possíveis sintomas e prevenir que algo mais desconfortável aconteça, bem como, preparar essa futura mamãe para um excelente parto e para que esteja em forma quando seu bem mais precioso chegar ao mundo.

Temos muitas coisas para conversar por aqui ainda, vamos aproveitar esse espaço, que também é seu, para trocarmos várias ideias sobre a gestação de uma mamãe Pilateira.